O concelho de Mira é composto por uma vasta floresta, casario, envolto por campos agrícolas, belas lagoas, riachos e emblemáticos moinhos de água - alguns únicos em Portugal a laborar. Por tradição, nas suas zonas agrícolas onde se situam os moinhos, a produção de milho possui uma clara importância. Destaca-se que a base da dieta alimentar de boa parte das nossas gentes continua incluir a broa de milho nas suas refeições.

Os moinhos, independentemente do seu tipo de construção ou força motriz utilizada, são marcos distintivos na paisagem rural e evidenciam a sabedoria e técnica popular no aproveitamento das potencialidades endógenas do seu meio envolvente. Inseridos na natureza, muitas vezes construídos em locais de rara beleza, são testemunhos da arquitetura tradicional de outrora, de valores e vivências que importa salvar.

É graças à perseverança dos moleiros e de um maior número de proprietários interessados que os moinhos de água em Mira têm sido recuperados, garantindo que o seu significado e valor cultural sejam transmitidos para as gerações vindouras. Por isso e até pela transformação do grão deste cereal em farinha que os moinhos de água devem perdurar e preservar a cultura deste povo, seus usos e costumes.